Economia da Informação

Monopoly Wars (XI) – Microsoft x Google/Yahoo

Posted in Sem categoria by Flávio Clésio on 7 de agosto de 2010

Direto de Techcrunch

Microsoft quer impedir acordo entre Google e Yahoo Japão na Justiça

A Microsoft pretende fazer tudo o que está em seu alcance para impedir ao acordo entre o Yahoo Japão e o Google. Segundo comunicado enviado pela fabricante de software ao All Things Digital, blog de tecnologia ligado ao Wall Street Journal, a companhia assegurou que tomará medidas judiciais para acabar com o acordo e garantir sua participação no mercado japonês de buscas pela web.

No comunicado, a empresa afirma que “apresentará à Comissão para Justa Competição do Japão (JFTC, na sigla em inglês) evidências de que o acordo [entre Google e Yahoo Japão] é substancialmente pior para o mercado de buscas do que a parceria entre o Google e o Yahoo nos Estados Unidos e Canadá, em 2008, considerada ilegal pelo Departamento de Justiça dos EUA (DOJ)”.

De acordo com a fabricante de software, o acordo assinado entre as duas empresas de internet há dois anos foi barrado porque abocanharia cerca de 90% do mercado de publicidade em buscas. No caso japonês, defende a Microsoft, o Google responderá por quase 100% das buscas realizadas no país, tanto pagas quanto gratuitas.

Segundo o blog, no entanto, o maior problema para a Microsoft neste momento é que, além de sua fatia no mercado japonês de buscas ser infinitamente menor que a do Google ou que a do Yahoo Japão, a JFTC já fez declarações favoráveis à parceria e já deu a entender que não interferirá no negócio (veja mais informações em “links relacionados” abaixo).

A fabricante de software, preocupada com o que o acordo pode fazer com o Bing no Japão, afirmou que provará como a parceria dará ao Google “total controle sobre as vidas pessoais e profissionais de todos os japoneses”.

Anúncios

Competição, estrutura monopolística e um gole de veneno…

Posted in Sem categoria by Flávio Clésio on 7 de março de 2010

Gerou uma repercussão gigantesca nos mundo da TI bem como no mercado acionário que a Google Inc. está sob investigação na União Européia e nos Estados Unidos por supostas práticas monopolísticas nos setores de buscas e violação de direitos de propriedade.

É no mínimo tardia, mas vêm em boa hora essas investigações da Comissão de Comércio dos Estados Unidos, bem como da Comissão Européia a cerca da Google Inc.

Trata-se como objeto dessa investigação do que já foi discutido aqui no EI sobre o monopólio da informação no qual a Google Inc. é o principal ator; seja atuando como violador de direitos de propriedade divulgando cerca de 10 milhões de obras sem o consentimento dos autores, seja prejudicando em sua Search Engine Optimization (SEO) rivais estratégicos, ou mesmo violando leis de segurança nacional e privacidade utilizando o Google Street View.

Desde Adam Smith em “A Riqueza das Nações” a estrutura monopolística é sempre prejudicial para os consumidores; os quais sempre estarão aprisionados sob a cela a consciência corporativa. E isso é muito mais grave em um mercado sem regulação formal como a internet.

Em um comunicado no blog Microsoft Issues, Dave Heiner vice-diretor jurídico geral da Microsoft, expressa preocupação com a falta de transparência nos negócios da Google Inc.; bem como relembra que a própria Microsoft já passou por processos semelhantes .

[…]The U.S. Federal Trade Commission, the U.S. Department of Justice and the European Commission have all determined that Google is dominant in certain markets, including search advertising. In late 2008 the DOJ was prepared to go to court to block Google’s attempt to partner with its largest search rival, Yahoo!.  Last year the DOJ told a federal court that Google’s book search plan is anticompetitive in several respects. (One big problem is that Google would help itself to essentially exclusive rights to tens of millions of books—effectively locking out everyone else.) […]

[…]They look to competitors in the first instance to understand how particular markets operate, the practices of dominant firms and the competitive significance of those practices[…]

[…]Ultimately what’s important is not who is complaining, but whether or not the challenged practices are anticompetitive.[…]

Nas entrelinhas, fica fácil de entender que a Microsoft passou o copo para o lado, e a Google Inc. que tem como slogan a frase “Don’t Be Evil” está fadada a tomar o seu primeiro gole de veneno.

PARA LER

BOL TECNOLOGIA. Microsoft diz que ações do Google despertam questões antitruste. Disponível em << http://noticias.bol.uol.com.br/tecnologia/2010/03/01/microsoft-diz-que-acoes-do-google-despertam-questoes-antitruste.jhtm >> Acessado em 7 Mar 10 ás 17h40.

HEINER, Dave. Competition Authorities and Search. Microsoft of The Issues. Disponível em << http://microsoftontheissues.com/cs/blogs/mscorp/archive/2010/02/26/competition-authorities-and-search.aspx >> Acessado em 5 Mar 10 ás 13h37.

THE UNITED STATES. Departament Of Justice. Disponível em << http://www.justice.gov >> Acessado em 5 Mar 10 ás 14h18.

THE UNITED STATES. Departament Of Justice. The Authors Guild, Inc., et al. v. Google, Inc. Antitrust Division. Disponível em << http://www.justice.gov/atr/cases/authorsguild.htm ou http://www.justice.gov/atr/cases/f250100/250180.pdf >> Acessado em 5 Mar 10 ás 18h06.

THE UNITED STATES. Departament Of Justice. Resolves Justice Department’s Antitrust Concerns,

Competition is Preserved in Markets for Internet Search Advertising. Disponível em << http://www.justice.gov/atr/public/press_releases/2008/239167.htm >> Acessado em 7 Mar 10 ás 00h04.

THE UNITED STATES. Departament Of Justice. Joint Status Report On Microsoft’s

Compliance With The Final Judgments. Antitrust Division. Disponível em << http://www.justice.gov/atr/cases/f256100/256108.htm >> Acessado em 6 Mar 10 ás 02h42.

EUROPEAN COMISSION. Commission clears proposed acquisition of DoubleClick by Google. Disponível em << http://europa.eu/rapid/pressReleasesAction.do?reference=IP/08/426&format=PDF&aged=1&language=EN&guiLanguage=en >> Acessado em 6 Mar 10 ás 13h44.

EUROPEAN COMISSION. Disponível em << http://ec.europa.eu/index_en.htm >> Acessado em 5 Mar 10 ás 07h43.

THE UNITED STATES. Federal Trade Commission Closes Google/DoubleClick Investigation. Federal Trade Commission. Disponível em << http://www.ftc.gov/opa/2007/12/googledc.shtm >> Acessado em 2 Mar 10 ás 09h02.

THE UNITED STATES. Supplemental Statement In Support of Complaint and Request for Inquiry and Injunctive Relief Concerning Unfair and Deceptive Online Marketing Practices. Federal Trade Commission. Disponível em << http://www.ftc.gov/os/comments/behavioraladvertising/071112cdduspirg.pdf >> Acessado em 2 Mar 10 ás 21h55.

THE UNITED STATES. Blueprinting the Information Valet Economy. Federal Trade Commission. Disponível em << http://www.ftc.gov/opp/workshops/news/docs/densmore.pdf >> Acessado em 5 Mar 10 ás 22h59.

Negócios em grandes conglomerados de TI

Posted in Sem categoria by Flávio Clésio on 25 de janeiro de 2010

Foi publicada no The New York Times por Nick Bilton, redator de tecnologia uma tabela da competitividade dos grandes conglomerados na Web com o título de “A Big-Picture Look at Google, Microsoft, Apple and Yahoo”.

A tabela mostra que a economia digital não é só de gadgets.