Economia da Informação

Goldman Sachs cessará pedidos de compra de ações do Facebook, diz jornal

Posted in Sem categoria by Flávio Clésio on 7 de janeiro de 2011

De TIINSIDE

A sondagem em busca de investidores para o Facebook chamou mais atenção do que o Goldman Sachs esperava. Segundo fontes próximas ao assunto informaram ao The Wall Street Journal, o banco de investimentos deve cessar o recebimento de pedidos de compra de ações da rede social nesta quinta-feira, 6, por, supostamente, terem aparecido interessados demais.

No fim de semana passado, o Goldman Sachs enviou e-mail para seus clientes na busca de interessados em comprar o equivalente a US$ 1,5 bilhão em ações do Facebook, que estuda abrir o capital no início do ano que vem. A operação, segundo fontes ligadas ao banco, elevará o valor de mercado da rede social para cerca de US$ 50 bilhões (veja mais informações em “links relacionados” abaixo).

De acordo com as fontes ouvidas pelo jornal americano, o banco de investimentos já enviou algumas informações preliminares sobre o Facebook aos maiores interessados na compra de ações. Pessoas que viram o documento disseram que o Facebook registrou receita de US$ 777 milhões e lucro líquido de US$ 200 milhões em 2009 – os dados do ano passado não foram revelados, mas especula-se que, com o crescimento do faturamento com publicidade, a receita do site chegue a US$ 2 bilhões, segundo as fontes.

Procurado pelo jornal, o Facebook se recusou a comentar os números tampouco os rumores de que vai abrir o capital.

 

%d blogueiros gostam disto: