Economia da Informação

Googlethink

Posted in Sem categoria by Flávio Clésio on 31 de julho de 2010

Em mais um bom artigo Nicholas Carr coloca em pauta a pretensão das empresas da internet, em especial a Google, em antecipar as nossas necessidades de acordo com o seu mecanismo de busca.

O argumento é válido, seja em sua semântica na qual o articulista expõe que realmente esses mecanismos de busca são muitas das vezes tendenciosos; bem como é válido para contrabalancear a esquizofrenia gerada pela a paixão pela a Google Inc..

O artigo é de tão fácil leitura que refresca e muito o debate sobre os monopólios da informação, e bem como a comercialização da privacidade alheia.

www.theatlantic.com-magazine-archive-2010-07-googlethink-8120

%d blogueiros gostam disto: