Economia da Informação

Redes sociais móveis deixam vazar informações privadas, aponta estudo

Posted in Sem categoria by Flávio Clésio on 6 de julho de 2010

IDG NOW

Para pesquisadores, combinação de serviços de localização, identificador único de aparelhos e vazamento de dados conspira contra a privacidade.

Você faz questão que todo mundo saiba onde você está?

Bem, é o que seus sites de rede social favoritos podem fazer quando deixar vazar informações sobre sua localização.

Um estudo feito pelo Worcester Polytechnic Institute (WPI) mostra que as redes sociais móveis têm fornecido dados sobre a localização física dos usuários para sites de rastreamento e outros serviços de rede social. Os pesquisadores afirmaram que todos os 20 sites estudados deixaram vazar algum tipo de informação privada para sites de rastreamento de terceiros.

“Esta análise inicial das redes sociais móveis online levanta algumas preocupações sérias, mas há mais trabalho a ser feito”, disse Craig Wills, professor de ciência da computação do WPI e coautor do estudo. “Os sites de terceiros parecem agora ter a capacidade de construir um retrato dinâmico e abrangente dos usuários de redes sociais móveis. Isso exige um modo igualmente abrangente de captura de toda a gama de controles de privacidade em um painel unificado e fácil de entender, para que os usuários possam tomar escolhas conscientes sobre sua privacidade online e acreditem que compartilham suas informações privadas e pessoais apenas com as entidades que escolherem.”

Redes tradicionais
No estudo, os pesquisadores avaliaram as práticas de 13 redes sociais móveis online, incluindo Brightkite, Flickr, Foursquare, Gowalla e Urbanspoon. Eles também estudaram sete rede tradicionais online, como Facebook, LinkedIn, MySpace e Twitter, que permitem o acesso por meio de dispositivos móveis, como smartphones.

Os pesquisadores descobriram que todos os 20 sites deixam vazar algum tipo de informação privada para sites de rastreamento de terceiros, mas diversos deles usam um serviço de mapas de terceiros para mostrar a localização do usuário num mapa. O estudo também revelou que seis diferentes sites transmitem um identificador único para o dispositivo móvel do usuário, permitindo que sites de terceiros continuem a rastrear a localização de um usuário mesmo que ele esteja usando outra aplicação móvel.

O estudo não revela quais dos 20 sites analisados deram informação de localização de seus usuários.

“A combinação de informações de localização, identificadores únicos de dispositivos, e vazamento tradicional de outras informações de identificação pessoal conspira contra a proteção da privacidade dos usuários”, escreveram os pesquisadores, no relatório.

Os sites de rede social, como o Facebook, têm sofrido pressão nos últimos meses para proteger melhor as informações privadas de seus usuários.

O Facebook, por exemplo, foi criticado não apenas por criar ferramentas para tornar mais fácil o compartilhamento de informações de usuários com sites web de terceiros, mas também por dificultar o uso de controles de privacidade do site.

O site popular de redes sociais respondeu às críticas com o lançamento de uma forma mais simples de controlar a privacidade.

%d blogueiros gostam disto: