Economia da Informação

Brasil não avança no uso de TI

Posted in Sem categoria by Flávio Clésio on 6 de julho de 2010

Direto de OLHAR DIGITAL

Publicado anualmente, ranking de economia digital colocou o Brasil em 42° lugar, mesma posição do ano passado

Quinta-feira, 01 de julho de 2010 às 09h30

Uma pesquisa sobre economia digital realizada pela consultoria Economist Intelligence Unit mostra que o Brasil não conseguiu avançar no uso de TI e internet para maximizar os benefícios econômicos e sociais. Publicado anualmente, o estudo mede a capacidade de 70 países e colocou o Brasil em 42° lugar – mesma posição do ano passado.

Em 2010, o estudo antes nomeado como “ranking de prontidão eletrônica” passou a ser chamado de “ranking de economia digital” e agora, além de medir o acesso à tecnologia, passou também a analisar o uso da tecnologia em prol do setor econômico e social.

A Suécia ocupa o posto de primeira colocada, desbancando a Dinamarca (2°), que estava no topo desde o primeiro ranking, em 2000. Em seguida vem os EUA (3°), seguido da Finlândia e Noruega.

O estudo também analisou o acesso à banda larga e mostrou que a internet rápida está cada vez mais popular. Em 49 dos 70 países, a taxa mensal cobrada pelo principal provedor representou menos de 2% da renda familiar mensal. No ano passado, esse número era de 42 países.

No fator qualidade, Taiwan, Coreia do Sul e Japão saem na frente, o que, segundo o relatório, se deve principalmente à alta densidade de fibra ótica presente nesses países.

Para as pessoas que acompanham a Economia Digital essa é uma ótima noticia, pois, ainda mesmo que essa forma econômica seja nova, ainda há dispositivos da ‘antiga’ economia para recriminar e prevenir a formação de monopólios, principalmente em setores estratégicos de serviços essenciais como as das telecomunicações.

Tagged with:
%d blogueiros gostam disto: