Economia da Informação

Vaporware ou falsa retórica?

Posted in Sem categoria by Flávio Clésio on 20 de março de 2010

Saiu na Folha Online uma pequena entrevista com o escritor Paulo Coelho que é o autor brasileiro que tem mais obras vendidas no mundo, onde ele afirma sobre a venda de seus livros que: Se hoje alguém me propusesse publicar um livro para três leitores, ganhando 3 milhões de dólares, ou publicar um livro para três milhões de leitores, ganhando três dólares, escolheria a segunda opção.”

A questão da pirataria de livros é uma questão muito complexa no sentido de que onde há a liberação por parte de alguns autores, outros fazem questão de seus direitos autorais  e não tem a mínima pretensão de serem lidos pelo o mundo inteiro como afirmam as “comunidades da internet” (Sic.).

O ponto da razoabilidade, seria o Crative Commons que tem esse poder expressado previamente pelo o autor de flexibilizar a sua obra seja para cópias, e reprodução total ou parcial e comercialização.

O que está por trás do discurso ‘cult‘ e ‘moderno’ do Paulo Coelho (do qual sou fã incondicional, e tenho mais de 14 obras suas, bem como a antiga 2ª edição de ‘O Alquimista’ ) é que ele é um escritor que tem um apelo de Vaporware muito forte, bem como é muito popular entre as massas; o que na atual crise de atenção iniciada pela a internet conta muitos pontos a seu favor. E outro fato bastante interessante, é que o autor mais vendido (fisicamente, diga-se de passagem) mesmo com a internet e com as mais diferentes formas de divulgação midiáticas não abriu mão da sua editora (Planeta) que lhe paga cheques polpudos para as suas obras; ou mesmo está lançando obras físicas ao invés de adotar o discurso do ‘pague-o-quanto-quiser’ como fez o Radiohead.

O debate é bem mais amplo, mas fica a reflexão de que nem sempre a fórmula do sucesso de um é o ideal para outros; pois, não se pode comparar um autor mega-consagrado com jovens escritores que cada vez mais se vêem bombardeados por modelos de negócios milagrosos baseados na web.

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. […] que o efeito Paulo Coelho também chegou à The […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: